Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

SPGG dá início ao primeiro ciclo do Acordo de Resultados de 2018

Publicação:

Primeiro ciclo do Acordo de Resultados foi realizado com a SOP
Primeiro ciclo do Acordo de Resultados foi realizado com a SOP - Foto: Gustavo Rech/ SPGG

O Acordo de Resultados de 2018, pactuado pelo governo do Estado com todos os órgãos da administração direta e indireta, que estipula metas a serem alcançadas, teve a primeira reunião de 2018 realizada nesta terça-feira (06) com o primeiro ciclo da Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação e da Corsan.
 
O monitoramento, coordenado pelo secretário de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), Carlos Búrigo, foi realizado na Sala de Governança da SPGG na presença do secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira, com participação do secretário adjunto da SPGG, Josué Barbosa, da diretora do Departamento de Monitoramento de Resultados (DMR) e chefe de gabinete da SPGG, Melissa Custódio, além coordenadores e assessores de gestão, gerentes de projetos e servidores da SOP, da Corsan e da SPGG.
 
O titular da SPGG, Carlos Búrigo Búrigo, parabenizou o trabalho realizado pelos servidores da SOP e da Corsan nestes três anos em que essa metodologia de gestão foi implantada no Estado. “Com isso, estamos mudando a cultura, trabalhando com transversalidade e unidade entre as secretarias e os órgãos do Estado para entregar melhores serviços a nossa população”.
 
Na ocasião, Fabiano Pereira ressaltou a importância de iniciar esse novo ciclo de monitoramento e destacou o apoio da SPGG na realização desse trabalho. “Os maiores resultados do que estamos monitorando será, por exemplo, no esforço de todos para assegurar as quase mil reformas e melhorias nas nossas escolas”.
 
Durante a reunião, foram encaminhadas ações e soluções aos indicadores que tratam da quantidade de casas populares entregues, a emissão de escrituras públicas e o reassentamento de famílias ocupantes na faixa de domínio, todos da SOP. Da Corsan, foram monitoradas as reclamações de falta de água, o nível de Universalização Urbano dos Serviços de Esgotamento Sanitário e o índice de perdas na distribuição do IPD de Santa Cruz do Sul.
 
Além disso, foram monitorados os entregáveis sobre a regularização fundiária de ocupações em áreas estaduais, o laboratório para Estudos BIM (LaBIM) e a implementação de melhorias de gestão no Departamento de Obras e Coordenadorias Regionais.
 
Por fim, passou pelo crivo dos gestores o projeto prioritário sobre o Sistema de Gestão de Obras (SGO), cujo objetivo é atender com maior eficácia as secretarias de Estado, desde a demanda até a efetiva utilização.
 
 
Texto e fotos: Gustavo Rech/SPGG

Comentários

Secretaria do Planejamento, Governança e Gestão