Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Iconicidades entra na última semana de inscrições para municípios

Publicação:

-
- - Foto: -

Municípios gaúchos com mais de 100 mil habitantes têm a última semana para submeter propostas ao projeto Iconicidades, iniciativa do governo do Estado que visa tornar as cidades gaúchas mais empreendedoras, inovadoras e criativas e estimular a retomada e a revitalização de espaços arquitetônicos simbólicos para estabelecimento desses novos negócios.

Até o dia 22 de julho, as cidades podem inscrever arquiteturas consideradas simbólicas – ou com potencial para isso – nas quais possam criar projetos para estimular a inovação e a economia baseadas no capital intelectual, contribuindo para criar ecossistemas criativos e que estimulem novos empreendimentos.

As candidaturas serão avaliadas por uma comissão técnica que poderá contar com representantes de organizações da sociedade e entidades. Cada município terá oportunidade de inscrever quantos espaços quiser, por meio do formulário disponível no site iconicidades.rs.gov.br.

Os critérios que nortearão a comissão são engajamento e interesse do gestor local, existência de iniciativa prévia que se adapte ao projeto, sustentabilidade, desenvolvimento socioeconômico e a complexidade do projeto.

As cinco propostas de locais mais bem avaliadas contarão com apoio do Estado para a elaboração dos projetos conceitual, executivo e de viabilidade, por meio de um concurso público nacional voltado a arquitetos.

As melhores ideias para cada espaço serão premiadas com valores entre R$ 10 mil e R$ 20 mil, além de contrato para desenvolvimento do projeto executivo para o primeiro colocado. Em contrapartida, os municípios assumirão o compromisso de executar as intervenções previstas e, posteriormente, coordenar localmente a iniciativa.

O Iconicidades foi lançado no dia 21 de junho e faz parte do Avançar, programa transversal que envolve as iniciativas com as quais o governo do Rio Grande do Sul pretende acelerar o crescimento econômico e incrementar a qualidade da prestação de serviços à população.

Resultado de um ciclo de reformas estruturais, construído a partir de diálogo com a sociedade, o Avançar organiza as principais entregas da gestão 2019-2022, tendo como fundamento os resultados alcançados pela atual administração.

Texto: Bianka Nieckel/Ascom EDP
Edição: Marcelo Flach/Secom

Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão