Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Projetos e indicadores da SPGG no Acordo de Resultados são monitorados

Publicação:

São monitorados 16 indicadores, 12 entregáveis, três projetos prioritários e oito compromissos de eficiência de gestão
São monitorados 16 indicadores, 12 entregáveis, três projetos prioritários e oito compromissos de eficiência de gestão - Foto: Gustavo Rech/ SPGG

Foram monitorados na tarde desta quarta-feira (07), na Sala de Governança da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), 16 indicadores, 12 entregáveis, três projetos prioritários, oito compromissos de eficiência de gestão e os convênios referentes ao quarto ciclo do Acordo de Resultados 2018 da própria SPGG.

Dentre os indicadores analisados pela rede de governança, destaque para o número de cursos e servidores capacitados na Escola de Gestão; o percentual de organizações com aderência à Política TIC; o percentual de execução de financiamentos e convênios; o percentual de organizações com sistemática de acompanhamento do Acordo de Resultados dentro dos critérios e com acompanhamento de metas em gestão local.

Além disso, os entregáveis tratam do programa gestão de imóveis; do Estado Inteligente; do projeto para melhorar os serviços de telefonia do CAFF; a formulação de uma agenda de desenvolvimento para 2040 (Futuro RS); o acompanhamento e avaliação de políticas públicas; a elaboração do orçamento 2019; a estruturação de portfólio de projetos públicos; a carteira de projetos com potencial de ativos do RS; o programa para facilitar a vida do cidadão por meio da simplificação dos serviços públicos viabilizado por uma cultura mais digital na administração pública (FacilitaRS); e para integrar as ações para possibilitar o avanço do uso de internet das coisas.

Por fim, sobre os projetos prioritários, o primeiro versa sobre as concessões e as parcerias público privadas que visam modelar projetos como formas inovadoras para a prestação de serviços públicos buscando a sua melhoria e eficiência. O outro, objetiva implantar uma Arquitetura Digital de TIC capaz de orientar e racionalizar os investimentos em tecnologia dos órgãos e investir no desenvolvimento de uma infraestrutura transversal, aprimorando a existente e alinhando a uma arquitetura digital padronizada. O último é sobre desenvolver e implantar a Infraestrutura de Dados Espaciais (IEDE) e adquirir nova base cartográfica digital contínua.

O acompanhamento foi coordenado pelo titular da SPGG, Josué Barbosa e pela secretária-adjunta e diretora do Departamento de Monitoramento de Resultados (DMR), Melissa Custódio, com participação da assessora de governança da SPGG/DMR, Carolina Mór Scarparo, diretores dos Departamentos e servidores da SPGG.

Texto e foto: Gustavo Rech Ascom/SPGG

Comentários

Secretaria do Planejamento, Governança e Gestão