Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Comemoração dos 113 anos revisita a história arquitetônica do Arquivo Público

Publicação:


Coro Jovem da OSPA interpretou peças clássicas e do folclore brasileiro, além do tradicional “Parabéns a Você”
Coro Jovem da OSPA interpretou peças clássicas e do folclore brasileiro, além do tradicional “Parabéns a Você” - Foto: Pepo Kerschner Ascom/Seplag

Para marcar os 113 anos do Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (Apers), as características arquitetônicas que marcam os prédios que abrigam a instituição foram tema de debates e de uma mostra fotográfica aberta ao público nesta terça-feira (12). O espaço que abriga o acervo com mais de 21 milhões de documentos foi construído no início do século passado em estilo neoclássico e representou uma inovação à época. Os debates sobre os aspectos da arquitetura dos prédios da rua Riachuelo, no Centro Histórico de Porto Alegre, trouxeram grande presença de arquitetos, pesquisados e estudantes ao auditório do Apers.

As atividades que a instituição organizou para a tarde desta terça-feira tiveram o título de “História, Arquitetura e Arquivo”. A exposição conta parte desta história de 113 anos e os diferentes usos que os prédios tiveram ao longo do tempo: Colégios Júlio de Castilhos e Protásio Alves, Secretaria de Administração, Junta Comercial do RS. O conjunto é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do RS – IPHAE. Na visão da diretora do Arquivo Público, Aerta Grazzioli Moscon, destacar estes aspectos da arquitetura do espaço é importante para valorizar o próprio acervo abrigado no espaço.

Atividades que a instituição organizou para a tarde desta terça-feira tiveram o título de “História, Arquitetura e Arquivo”
Atividades que a instituição organizou para a tarde desta terça-feira tiveram o título de “História, Arquitetura e Arquivo” - Foto: Pepo Kerschner Ascom/Seplag

Outro ponto forte das atividades foi a apresentação do Coro Jovem da OSPA. Sob a regência do maestro Cosmas Grieneisen, o grupo interpretou peças clássicas e do folclore brasileiro, além do tradicional “Parabéns a Você” como encerramento. Os secretários-adjuntos Marcelo Alves (Gestão) e Barão Mello da Silva (Planejamento e Orçamento) estiveram presentes nas homenagens aos 113 anos do Arquivo Público, criado em 8 de março de 1906, por um decreto do então presidente do Estado Antônio Augusto Borges de Medeiros. 

Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão