Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Outubro rosa: IPE Saúde espera realizar mais de 100 mil exames preventivos em 2022

Ação isenta mamografias para mulheres de 40 a 75 anos

Publicação:

capa site ipe saude
IPE Saúde

A prevenção do câncer de mama entra em foco em outubro e, durante todo o mês, usuárias do IPE Saúde com idade entre 40 e 75 anos terão isenção na coparticipação do exame preventivo de mamografia em clínicas ou hospitais credenciados.

A ação já vem sendo realizada há dois anos pelo Instituto, com resultados positivos: analisando-se a distribuição anual de exames, verifica-se que em 2021 houve um aumento do número de exames realizados na ordem de 20% em relação ao ano anterior (foram feitos 103.199 em 2021 ante 85.951, em 2020). A faixa-etária com o maior número de exames realizados no decorrer dos anos foi a dos 56 aos 60 anos de idade. Além disso, há um aumento no número de exames de 2020 para 2021 em todas as faixas de idade.

Já para o ano de 2022, os estudos apontam como expectativa a realização de pelo menos 113 mil exames, seguindo uma tendência de crescimento. No total, a ação pode beneficiar cerca de 300 mil mulheres no Estado.

Para quem se enquadra nos critérios elencados, basta procurar os serviços da rede IPE Saúde com a devida requisição feita por um médico credenciado e realizar o exame preventivo de mamografia – a isenção é garantida automaticamente (condição válida para um exame por pessoa).

Como fazer mamografias gratuitas pelo IPE Saúde:

• É necessário ter IPE Saúde ativo e idade entre 40 e 75 anos

• Ter uma requisição de médico(a) credenciado(a) do IPE Saúde solicitando o exame

• Agendar e realizar o exame preventivo de mamografia em um dos laboratórios/clínicas credenciado(a)s do IPE Saúde no mês de outubro

Projeto Florescer

Além da isenção a mamografias, o IPE Saúde também trabalha em outra frente na prevenção do câncer de mama, em uma parceria com o Instituto da Mama do RS. O acordo de cooperação entre as duas instituições prevê o monitoramento de dados de saúde e orientações personalizadas para as usuárias. O projeto é realizado com servidoras ativas, inativas e seus dependentes da Secretaria de Educação, na faixa etária entre 35 e 69 anos.

As usuárias estabelecem uma conversa com a assistente virtual Victória pelo Whatsapp e respondem a questionamentos sobre hábitos e características relacionadas à saúde. Ao final da conversa, a participante recebe um resultado pessoal, com base em suas respostas.

A partir dos dados coletados, o IPE Saúde terá conhecimento do diagnóstico situacional deste grupo de usuárias com relação a fatores de risco, hábitos e utilização do sistema, como, por exemplo, rotina de exames, estadiamento do câncer, detecção de casos de câncer de mama inicial, o que permite ações mais assertivas com foco na prevenção. Ao mesmo tempo, as usuárias receberão orientações, dicas de saúde e acesso aos serviços de acolhimento disponibilizados pelo Imama.

• Mais informações estão disponíveis na página do projeto em  https://www.ipesaude.rs.gov.br/programa-florescer

Texto: Raquel Schneider /Ascom IPE Saúde
Edição: Secom

Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão