Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

UFPel busca voluntários para trabalho em pesquisa inédita sobre coronavírus

Publicação:

-
-

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) está recrutando profissionais e estudantes da área da saúde para atuar como voluntários em pesquisa inédita sobre a prevalência do coronavírus na população de Pelotas. Encomendado pelo governo do Estado, o estudo levantará, com base científica, a proporção de casos da doença e auxiliar na elaboração de estratégias de saúde pública no combate à pandemia. Os voluntários irão realizar entrevistas domiciliares e aplicar testes rápidos para a Covid-19 em 500 moradores da zona urbana do município, sorteados aleatoriamente para participar do estudo.

Pré-requisitos para o trabalho voluntário:

• ser profissional ou estudante da área da saúde, com noções sobre procedimentos de segurança em condutas de saúde;

• estar fora do grupo de risco, ou seja, ter menos de 60 anos de idade, não ser fumante e estar livre de doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, doenças autoimunes, insuficiência cardíaca, renal ou doença respiratória crônica;


• dispor de veículo automotivo e carteira de motorista;


• ter registro no PIS (Programa de Integração Social), preferencialmente;


• de preferência, dispor de telefone celular com sistema operacional Android para aplicação dos inquéritos.

Para se cadastrar, os voluntários devem enviar mensagem eletrônica para pesquisacovid19ufpel@gmail.com com as seguintes informações:

• nome completo, endereço, telefone para contato, números de RG (carteira de identidade) e CPF (Cadastro de Pessoa Física);
• área de formação, ou curso e semestre de graduação em andamento (estudantes devem anexar atestado de matrícula);
• dados de conta bancária: números de agência e conta corrente.

Todos os voluntários receberão treinamento especializado para uso dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e realização dos testes e questionários. Além disso, serão fornecidas ajudas de custo de R$ 50 para cobrir gastos de combustível e R$ 10 por aplicação de questionário. A estimativa é de que sejam realizadas 20 entrevistas – dez em cada dia de coleta de dados. Ao final, serão emitidos certificados de participação voluntária na pesquisa.

O estudo conta com o financiamento de parceiros privados: Unimed Porto Alegre, Instituto Floresta, também da capital, e Instituto Serrapilheira, do Rio de Janeiro.

Texto: Ascom UFPel
Edição: Secom

Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão